Pastoral da Saúde

Sacramento da Unção dos Enfermos

Pelos sacramentos da iniciação cristã, o homem recebe a vida nova em Cristo. Ora, esta vida nos trazemos " em vasos de argila" (2Cor 4,7). Agora, ela se encontra "escondida com Cristo em Deus", estamos ainda em "nossa morada terrestre" (2Cor 5,1) sujeitos ao sofrimento, à doença e à morte. Esta nova vida de filhos de Deus pode se tornar debilitada e até perdida pelo pecado.

O Senhor Jesus Cristo, médico de nossa alma e de nosso corpo, que remiu os pecados do paralítico e restituiu-lhe a saúde do corpo, quis que sua igreja continuasse, na força do Espírito Santo, sua obra de cura e de salvação, também junto de seus próprios membros. É esta a finalidade dos dois sacramentos de cura: o da Penitência e da Unção dos Enfermos.

O Sacramento da Reconciliação cristã que mediante a oração e a unção com óleo santo feita pelo sacerdote, concede ao doente a graça e o alívio espiritual e muitas vezes o conforto corporal, isto é, concede a saúde da alma e do corpo.

O óleo utilizado neste sacramento é um dos óleos que o Bispo abençoa na Quinta-feira Santa. O sacerdote unge a fronte e as mãos do enfermo. o corpo do homem ungido pelo Batismo é santo e por meio deste fazemos o bem. O Sacramento da Unção dos Enfermos faz com que estes tenham forças para testemunhar Jesus Cristo em meio ao sofrimento que passam unindo-se a obra redentora do Filho de Deus.

Quem pode receber a Unção dos Enfermos? Todos os que estão gravemente doentes. As pessoas que tem mais de 60 anos.

Condições para receber a Unção dos Enfermos:

  • Estar em estado de graça, isto é, sem pecado.
  • Receber a Unção com fé, esperança, caridade e resignação à vontade de Deus.

Os sinais sensíveis da Unção dos Enfermos, oração-unção produção de graça, instituição divina, são ministrados pelo sacerdote, de preferência pelo pároco. A matéria usada para a unção é o óleo de oliveira ou planta que é abençoado na quinta-feira Santa. No ato da unção o sacerdote profere as seguintes palavras: "Por esta santa unção o Senhor venha em teu auxílio com a graça do Espírito Santo. Deus em sua infinita bondade quis".

Como está nossa saúde emocional?

Para a OMS (Organização Mundial da Saúde), a saúde é um estado completo de bem-estar físico, mental e social, ou seja, um estado de equilíbrio e harmonia no sentido integral do ser humano. Geralmente quando o nosso lado emocional não anda bem, de alguma maneira isso nos afetará fisicamente e socialmente.

Muitas vezes, nosso sofrimento emocional mesmo de forma inconsciente, se reflete através de problemas de relacionamento, angústia, sensação de vazio, agressividade, depressão e tantas doenças que podem ocorrer, por isso, a importância de nos conhecermos, atentarmos ao que já vivemos reconhecer os traumas e marcas que ficaram em nós, tudo isso nos faz perceber que o que estamos sendo e vivendo hoje, tem muita relação com o passado. Desde que fomos concebidos, começa a ser escrito o nosso livro que até então era só uma página em branco, um livro único, pois somos seres únicos e especiais. Portanto, durante nossa vida, temos que rever tantas coisas que foram escritas e que, talvez, não estejam nos fazendo bem, para que possamos nos sentir livres, íntegros, em harmonia com Deus, conosco e com as outras pessoas.

Assim como é necessário cuidarmos de nossa saúde física, também é muito importante buscarmos ajuda para nosso autoconhecimento, pois é um processo muito difícil lidar com nossos sentimentos e atitudes negativas. Se fizermos este movimento, já daremos um grande passo em busca do crescimento pessoal.

A humanidade nunca viveu em meio a tanta violência, insegurança, crises sociais, medo do futuro, concorrência, necessidade de “ter” e de “ser”, com isso, o mundo exige tanto de nós, onde acabamos vivendo de maneira tão superficial e não encontramos tempo nem jeito de cuidarmos do mais importante, que é a nossa essência, o nosso “eu interior”. Onde ficamos no meio disso tudo? O que estamos fazendo para transformar nossa vida a fim de reduzir ao máximo nosso sofrimento psíquico/emocional? O que nos impede de nos tornarmos pessoas melhores, mais felizes e mais humanas.

“Conhece-te, te aceita, supera-te. (Santo Agostinho)

saude mental 1

Pastoral da Saúde

As pessoas que fazem parte da Pastoral da Saúde visitam nossos Idosos e Enfermos, levando um pouco de conforto e ânimo, afinal, saúde é Dom de Deus. O bem estar de nossos idosos depende também do trabalho da comunidade em defesa e promoção da vida. É um compromisso de fraternidade.

A saúde não é uma preocupação exclusiva dos cristãos. Ela interessa a toda a humanidade, independentemente do credo, raça, nacionalidade, sexo ou cor. É um direito fundamental do homem. É o direito à vida

Todas as comunidades de nossa Paróquia têm uma equipe de Pastoral da saúde. Atendemos, aproximadamente, 120 enfermos e idosos. Procuramos levar, a estes nossos irmãos e irmãs, um pouco de conforto, esperança e solidariedade. É assim que a Pastoral da Saúde se faz presente na vida de nossos irmãos enfermos e idosos que nem sempre podem participar, com frequência, das santas missas. Que Deus abençoe a todos que, de uma maneira ou outra, colaboram com esse serviço prestado ao próximo com muito amor e carinho

Pastoral.jpg.opt920x1233o00s920x1233

Nossa Senhora titu00



Endereço

Rua José Rabelo Portela, 2240 - Vila Popular, Várzea Paulista - SP

Tel: (11) 4606-2569

E-mail: paroquialourdes@uol.com.br


Expediente

3ª à 6ª feira: das 08h00 às 12h00 hs e das 13h00 às 18h00 hs

Sábado: das 8h00 às 13h00 hs

Top